quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Dia Mundial da Sepse


Em comemoração ao Dia Mundial da Sepse, 13 de setembro, o Hospital de Clínicas de Uberlândia da Universidade Federal de Uberlândia (HCU-UFU) promove a “Semana da Sepse no HCU-UFU” participando da “Campanha Pare a Sepse, Salve Vidas”, com atividades voltadas para as equipes de saúde e sociedade. A organização é da Comissão de Vigilância Clínica da Sepse.
O objetivo da campanha é aumentar a percepção da sepse e a priorizar como uma emergência médica para que todos os pacientes possam receber intervenções básicas dentro da primeira hora do diagnóstico.
Apesar de o tratamento precoce estar associado à melhora na sobrevida, a adesão a essas medidas ainda é muito baixa em diversos locais do mundo. No Brasil estima-se que 400 mil pacientes sejam atingidos anualmente, com letalidade em torno de 50%, uma das maiores do mundo.
A “Campanha Pare a Sepse, Salve Vidas” acontecerá em 14 cidades brasileiras com o apoio do Instituto Latino Americano de Sepse (ILAS), levando esclarecimento à população sobre o tema.

Confira a programação
12 de setembro – Entregas de panfletos e folders explicativos para visitantes e acompanhantes no HCU-UFU.
13 de setembro – Divulgação da campanha no Center Shopping com conscientização do público.
15 de setembro – Esclarecimento para os profissionais de saúde do HCU no saguão do hospital com atividades festivas.
23 e 24 de setembro – II Simpósio de Sepse do Hospital de Clínicas, no anfiteatro 2ª do Campus Umuarama.


A Sepse
         A sepse é um conjunto de manifestações graves em todo o organismo produzidas por uma infecção. Antigamente, era chamada de septicemia ou infecção no sangue. Hoje é mais conhecida como infecção generalizada.
De acordo com dados do ILAS, no Brasil a mortalidade por sepse é de 50% a 60% e a cada hora de atraso na administração de antibiótico ela aumenta em cerca de 8%.
Fonte: Imprensa / HCU-UFU

Nenhum comentário:

Postar um comentário