segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Obra mineira no Salão de Arte Contemporânea de Marília (SP) 2011

A artista plástica mineira, Deia Leal, foi selecionada para participar do Salão de Arte Contemporânea de Marília (SP), evento
destinado a reunir, catalogar e expor obras de artistas nacionais e estrangeiros contemporâneos, com objetivo de valorizar a arte como expressão cultural.
A seleção dos trabalhos foi realiza no dia 30 de setembro de 2011, no Museu da Língua Portuguesa (SP), por uma Comissão Julgadora composta por 3 (três) críticos, com reconhecida atuação na área.
As obras selecionadas fazem parte da coleção “Ramalhetes Aldravistas”
(Obras: Redemoinho no Campo Florido e Cidade das Flores Vermelhas),
cuja técnica desenvolvida de pintura é o dripping (gotejamento).
A coleção Ramalhetes, criada pela artista plástica de Mariana, Deia Leal, convida o público ao diálogo e à livre interpretação, através de gotas e de pingos que se harmonizam para dar vida a paisagens floridas
de Minas Gerais.
Deia Leal – nome artístico de Andreia Aparecida Silva Donadon Leal, natural de Itabira – Minas Gerais, nascida em 17/09/1973, cresceu em Santa Bárbara -MG e reside em Mariana – Minas Gerais. Licenciada em Letras pela UFOP e Pós-graduada em Artes Visuais - Cultura e Criação pelo SENAC-MG. Mestranda em Literatura (cultura e sociedade) pela Universidade Federal de Viçosa. Frequentou diversos cursos de pintura
na Casa de Cultura de Santa Bárbara. Desenha e pinta desde a adolescência. Teve aulas de pintura com o artista plástico de Maringá, Camilo Leal e com o artista, escritor e compositor sinfônico granadino, Antonio Gualda, na Espanha. Participou de exposições coletivas na Espanha, Itália, Áustria, Polônia, Alemanha, República Dominicana, República Tcheca, China, Tailândia, Hungria, Eslováquia,
Portugal, Chile (Museu Pablo Neruda) e em dezembro de 2009 participou de uma coletiva no Museu do Louvre em Paris. Participou de inúmeras exposições coletivas em Minas Gerais, no Rio de Janeiro e em São
Paulo. Em 2008, obteve o 1º lugar no Concurso Internacional de Artes Plásticas da Asociación Cultural Valentim Ruiz Aznar (Espanha). Foi laureada com a Medalha de Bronze da Académie des Arts, Sciences et
Lettres da França, sob a égide de René Flament, fundada em 1915, coroada pela Academia Francesa, em Paris, pelos relevantes serviços prestados às artes no Brasil.
O coquetel de abertura do salão será no dia 23 de setembro de 2011, às 20:30, na Galeria do Marília Shopping.

Nenhum comentário:

Postar um comentário