quinta-feira, 11 de maio de 2017

Museu Correios recebe a exposição Tempo Eco Arte

O Museu Correios recebe a exposição Tempo Eco Arte que une artesanato, artes plásticas e graffiti com a participação de Felipe Rdoze e Raissa Miah. Papelão e saco de cimento, descarte da indústria e de obras da construção civil são as principais matéria-prima do espaço Tempo Eco Arte, que por meio do trabalho de reutilização de materiais, aproxima a comunidade da reciclagem e da arte em várias abordagens. Materiais sem valor são ressignificados em móveis, objetos decorativos, utilitários, cenários, figurinos e instrumentos musicais e que provocam uma reflexão sobre consumo, ocupação do espaço urbano e a modernidade.
A preocupação ambiental tem se ampliado ao longo das últimas décadas, à medida que a finitude dos recursos naturais passam de estudos e projeções a realidade palpável para a população. A conscientização, que por muito tempo, caminhou a passos lentos, a cada dia mais ganha apoio e mobilização da sociedade pela melhora dos processos governamentais, das indústrias e da atuação de cada indivíduo pela mudança do cenário. A mostra expões as diversas possibilidades de criação de produtos com baixo impacto ambiental alinhados as ideias do ecodesign.
A Exposição Tempo Eco Arte tem proposta colaborativa, cada artesão e artista teve liberdade para se expressar de acordo com o tema, uma forma de mostrar a diversidade do ecodesign. Possui cinco instalações temáticas: Música Orgânica, Cenografia, Design de Produtos, Decoração e Artes Plásticas. Cada uma se divide em módulos compostos por peças que exploram telas, mobiliários, instrumentos musicais, decoração, objetos cenográficos e interativos.

Sobre o Espaço Tempo Eco Arte
O espaço livre de artes e ofícios Tempo Eco Arte foi criado em 2002, pelo artesão e mestre griô Virgílio Mota e pela artesã Caroline Nóbrega. Localizada no histórico Mercado Sul de Taguatinga, a TEA pesquisa e faz arte a partir da reutilização de resíduos sólidos. A especialidade é a técnica de transformar papelão e sacos de cimento usados em móveis, objetos decorativos, utilitários, cenários, figurinos e instrumentos musicais.
A TEA facilita vivências de (re)criação e construção artesanal, tendo como proposta o Ecodesign e a prática do reduzir, reutilizar e reciclar. Todo o trabalho parte de uma abordagem cultural, onde a convivência e a educação livre são meios de compartilhamento de saberes entre aprendizes e artesãos experimentalistas. Em cerca de 15 anos de pesquisa, foram criadas mais de 140 diferentes peças e desenvolvidas ferramentas de trabalho direcionadas para essa tecnologia social.
Saiba mais

Serviço
Exposição Tempo Eco Arte
Abertura: 11 de maio | 19h – Com palestra “Arte e Responsabilidade Ambiental” com os artistas Virgílio Mota, Clarice Gonçalves, Felipe Rdoze e Raissa Miah. Pocket Show com a banda Som de Papel.
Visitação: De 11 de maio a 11 de junho de 2017.
Local: Museu Correios - SCS quadra 4, bloco A, 256, ed. Apolo - Asa Sul, Brasília - DF, 70304-915.
Horário: terça a sexta, das 10 às 19h. Sábados, domingos e feriados, das 14h às 18h.
Informações: (61) 21419276 | Classificação etária: Livre para todos os públicos | Entrada franca

Nenhum comentário:

Postar um comentário