quinta-feira, 24 de março de 2016

OMS: 9,6 milhões de casos e 1,5 milhão de mortes por tuberculose em 2016


Previsão foi feita para marcar o Dia Mundial de Combate à doença, esta quinta-feira, 24 de março; Brasil faz parte da lista de 22 países responsáveis por 80% dos casos de tuberculose no mundo.


Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York. 

A Organização Mundial da Saúde, OMS, calcula que em 2016 vão ser registrados 9,6 milhões de casos de tuberculose e 1,5 milhão de mortes no mundo.

Os dados foram divulgados para marcar o Dia Mundial de Combate à Tuberculose, esta quinta-feira, 24 de março.

Brasil

Do Rio de Janeiro, em entrevista à Rádio ONU, o coordenador do Observatório Tuberculose Brasil, ligado à Fiocruz, Carlos Basilia, comentou sobre o assunto.

O médico, que também é secretário da Parceria Brasileira contra a Tuberculose, falou sobre a situação do país.

"A gente, na verdade, não tem muito o que celebrar. O Brasil compõe a lista dos 22 países que concentram 80% da carga de tuberculose do mundo. São 73 mil novos casos diagnosticados a cada ano com uma taxa de incidência de 33 por 100 mil habitantes. Esses são dados oficiais de 2014. No Brasil tivemos 4.477 mortes ao ano, são mortes anunciadas que poderiam ser evitadas."

Basilia disse que nesta lista, o Brasil ocupa a 18ª posição. A tuberculose é a quarta causa de mortes por doenças infecciosas e a primeira causa entre as pessoas com Aids.

Estratégia

A Organização Mundial da Saúde alerta que a tuberculose junto com o HIV/Aids, é uma das doenças infecciosas que mais matam no mundo.

Mais de 95% dos óbitos causados pela doença ocorrem em países de média e baixa rendas e ela está entra as cinco principais causas de morte entre mulheres de 15 a 44 anos.

A estratégia da campanha da OMS para acabar com a tuberculose pretende reduzir o número de mortes em 90% e cortar os novos casos em 80% nos próximos 15 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário