quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Mensagem do IBC sobre o ano Paralímpico

Ano Paralímpico


Sobre o tripé desenvolvimento global, autonomia e superação o esporte paralímpico finca seus alicerces.
As deficiências, antes vistas como focos impeditivos, barreiras intransponíveis, tornam-se a partir das últimas décadas do século XX, um desafio instigador que busca o estabelecimento de novos paradigmas que orientem a construção de um novo homem, portanto, a construção de uma nova sociedade. Fomenta-se, pois, o espírito reformista que anima a contemporaneidade.
O olhar atento em relação aos esportes de alto rendimento, a compreensão do corpo como fator de crescimento humano, o enfrentamento de limites passam a constituir-se em campos de estudo, abertura de oportunidades, criação de um outro tempo. Tempo que desperta desejos, que afirma pessoas, que infunde crenças, que fortaleça possibilidades.
Derruba-se a postura da passividade castradora e nasce a prática da ação libertadora. Os déficits ou privações físicas, sensórias e intelectuais são minimizados e dão visibilidade maior ao potencial. A deficiência, agora, não reforça o negativo, assim, não inviabiliza o indivíduo. Surgem os atletas do “impossível” e o “impossível” converte-se em bandeiras para uns e liberdade para muitos.
A deficiência visual também encontra-se no bojo dessas lutas e conquistas.
A autoconfiança cresce no avanço da capacidade física e na descoberta de múltiplos talentos; a autoestima aflora na consciência do EU; a coragem forja-se na força vital que impele o homem a procurar o próprio destino, a suplantar condições adversas, a sufocar medos, a vencer velhos e danosos entraves.
A trajetória dos nossos atletas e equipes atesta o êxito de um trabalho sério e desenvolvido por profissionais de inquestionável competência. Na trilha dos marcos já alcançados, vemos aproximar-se as Paralimpíadas de 2016, trazendo grandes expectativas e a certeza do compromisso que temos com a esperança e com a tenacidade dos nossos objetivos.
O Desporto Paralímpico em si, desde 1960 após a Olimpíada de Roma, ocupa o patamar mais elevado no pódio da cidadania.
Aos atletas nosso incentivo e voto de profunda confiança!
Todos juntos a caminho de 2016!!!
ANO PARALÍMPICO 2015/2016
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário