segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

AIDS ainda é epidemia entre usuários de drogas injetáveis e população carcerária, alerta UNODC

Na véspera do Dia Mundial da AIDS 2012, o Diretor Executivo do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC), Yury Fedotov, elogiou as conquistas na luta contra o HIV, mas alertou que a epidemia entre usuários de drogas injetáveis e a população prisional continua a ser um desafio, pedindo determinação ousada e corajosa para enfrentá-la.
“Essas conquistas devem ser vistas no contexto”, disse Fedotov. “Temos um grande aumento no número de infecções por HIV entre usuários de drogas e tão importante quanto isso, há também uma forte relutância dos países em enfrentar a grave situação do HIV em prisões e outras instituições fechadas”.
“Nos encontramos em um momento decisivo na história desta pandemia” , acredita o Diretor Executivo. “Deter e reverter à propagação do HIV entre usuários de drogas e nas prisões continua a ser um alvo importante, mas ambicioso. E eu continuo otimista”, disse ele. “A epidemia do HIV entre usuários de drogas e em populações carcerárias é completamente evitável e pode ser revertida. Temos todas as ferramentas na mão, mas respostas ousadas e corajosas são necessárias com base nos direitos humanos e na igualdade de gênero”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário