terça-feira, 31 de julho de 2018

49º FESTIVAL INTERNACIONAL DE INVERNO DE CAMPOS DO JORDÃO | ENCERRAMENTO ACADÊMICO E PREMIAÇÃO DOS BOLSISTAS | 29 DE JULHO, SALA SÃO PAULO

No domingo, 29 de julho, às 11h, na Sala São Paulo, aconteceu o Encerramento Acadêmico do 49º Festival de Inverno de Campos do Jordão. A Orquestra do Festival, comandada pelo português Pedro Neves (regente titular da Orquestra Clássica de Espinho e maestro convidado da Orquestra Gulbenkian), apresentou um repertório audacioso e desafiador para os bolsistas, que tocaram o Concerto para Orquestra, de Witold Lutoslawski, e os Choros Nº 6, de Heitor Villa-Lobos.

O 49º Festival trouxe ao público uma programação artística diversificada, com90 concertos no total, sendo 68 gratuitos, ao longo de todo o mês de julho, tanto nos palcos da cidade de Campos do Jordão (Auditório Claudio Santoro, Praça do Capivari, Igreja de Santa Terezinha e Capela do Palácio Boa Vista), quanto na capital paulista (Sala São Paulo e Sala do Coro).

Com seu núcleo pedagógico concentrado na Sala São Paulo, o evento recebeu 198 bolsistas vindos de todo o Brasil e de diversas partes do mundo, e contou com a participação de mais de50 renomados professores brasileiros e estrangeiros, entre músicos da Osesp e artistas convidados da programação de concertos.

Ao longo de quatro semanas, os alunos vivenciaram intensamente o universo da música, participando de aulas, masterclasses, ensaios e concertos com a Orquestra do Festival, a Camerata do Festival, o Grupo de Música Antiga do Festival, e também se apresentando em grupos de câmara, ao lado de seus professores. Foram duas semanas dedicadas à prática orquestral e uma inteiramente voltada para a música de câmara, em que os bolsistas puderam experimentar tocar em diversas formações, interpretar repertórios mais complexos, incluindo peças de compositores pouquíssimos executados, e ainda estrear obras inéditas.

Há quase 50 anos, o Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão tem oferecido, em todas as suas edições, uma variada programação musical, além de se consolidar como um importante espaço de formação e desenvolvimento profissional de jovens músicos. O maior evento de música clássica da América Latina se prepara, agora, para celebrar seu cinquentenário, em 2019.

Que venha o próximo Festival!!!


PREMIAÇÃO
Após o concerto de encerramento, foi realizada a cerimônia de premiação aos bolsistas que mais se destacaram nessa edição, escolhidos pelos membros da direção do Festival, em consulta aos professores participantes.

Os prêmios foram anunciados no palco da Sala São Paulo por Arthur Nestrovski (Diretor Artístico da Osesp), com a presença de Fábio Zanon (Coordenador artístico-pedagógico do Festival) e Rogério Zaghi (Coordenador Educacional da Osesp).


PRÊMIO ELEAZAR DE CARVALHO

O bolsista Erick Venditte dos Santos (trompete), 15 anos, de Guarulhos (SP), da EMESP/ Orquestra Jovem do Estado de São Paulo, foi o ganhador do Prêmio Eleazar de Carvalho, a principal premiação do Festival, contemplado com uma bolsa de US$ 1.400 mil (um mil e quatrocentos dólares) mensais para estudar por um período de até nove meses em uma instituição estrangeira de sua escolha, tendo também cobertas suas despesas de translado entre o Brasil e o exterior.


PRÊMIO ORQUESTRA JOVEM DAS AMÉRICAS – YOA 

O bolsista Lucas Ferreira dos Santos (clarinete), 24 anos, de Barra Mansa (RJ), da Academia de Música da Osesp, ganhou uma vaga na YOA – Youth Orchestra of the Americas, premiação concedida pela primeira vez no Festival. Ele passará um período de dois meses na cidade do México, em 2019, para estudos, ensaios e apresentações com a orquestra.  

A YOA foi criada em 2002 e reúne jovens instrumentistas entre 18 e 30 anos de idade, de diversos países das Américas. Com direção musical do maestro Carlos Miguel Prieto (que esteve à frente da Osesp em 2016), já realizou mais de 300 concertos por todo o mundo.


PRÊMIO ÉCOLE NORMALE ALFRED CORTOT DE PARIS 

O bolsista Venancio Rodrigues dos Santos Neto (contrabaixo), 24 anos, de Campinas (SP), da EMESP/ Orquestra Jovem do Estado de São Paulo, ganhou uma bolsa de estudos de um ano na École Normale Alfred Cortot de Paris.


PRÊMIO ROYAL ACADEMY OF MUSIC

O bolsista Thiago Sandoval de Souza (clarinete), 18 anos, de São Paulo (SP), do Instituto Bacarelli/ Orquestra Sinfônica Heliópolis, ganhou uma bolsa de estudos de um mês na Royal Academy of Music de Londres.


PRÊMIO ACADEMIA DE MÚSICA DA OSESP 

Dois bolsistas ganharam uma bolsa de estudos de dois anos na Academia de Música da Osesp:

Felipe dos Santos Freitas da Silva (trompa), 16 anos, do Rio de Janeiro (RJ), da Academia de Música UFRJ/ Academia Juvenil da Orquestra Petrobras Sinfônica;

Isaque Elias Lopes (trompa), 22 anos, de São Paulo (SP), da UNIMES/ Orquestra Experimental de Repertório.


PRÊMIOS DE CONCERTO | SOLOS EM CONCERTOS NO 50º FESTIVAL

Dois bolsistas foram selecionados para se apresentarem como solistas em programas com uma orquestra convidada, no 50º Festival de Inverno de Campos do Jordão (2019):

Lucas Ferreira dos Santos (clarinete), 24 anos, de Barra Mansa (RJ), da Academia de Música da Osesp;

Alan Davidson Santiago Fernandes Pimenta (fagote), 21 anos, de Parnamirim (RN), da Academia Sibelius/ Universidade de Artes de Helsinki.


PRÊMIO DE CONCERTO | CONCERTO NO 50º FESTIVAL

A bolsista Marina Vilaça Pinho Caputo (violino), 16 anos, de Campinas (SP), da EMESP/ Orquestra Jovem do Estado de São Paulo, participará de um concerto na programação do 50º Festival de Inverno de Campos do Jordão (2019).


REALIZAÇÃO

O 49º Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão tem direção executiva de Marcelo Lopes, direção artística de Arthur Nestrovski, coordenação artístico-pedagógica de Fábio Zanon e consultoria artística de Marin Alsop; e conta com o patrocínio da Rede; copatrocínio da Sabesp e Comgás; apoio da Localiza Hertz e Fritz Dobbert; e promoção da Folha de S.Paulo. 

 
AMIGOS DO FESTIVAL

Desde 2013, a Fundação Osesp conta com a colaboração de uma rede de estabelecimentos comerciais na cidade de Campos do Jordão, que contribui para a divulgação de informações sobre a programação de concertos. Esses estabelecimentos recebem um selo que os identificam como Amigos do Festival e mostram engajamento com um dos mais tradicionais projetos culturais da cidade. 

PROGRAMAÇÃO COMPLETA E OUTROS CONTEÚDOS:



Fonte: Alexandre Félix | imprensa@osesp.art.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário