quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Ambulatório Central do HCU-UFU: Campanha Nacional de Prevenção do Câncer da Pele

O Hospital de Clínicas de Uberlândia da Universidade Federal de Uberlândia (HCU-UFU) participa neste sábado, 02 de dezembro, da campanha nacional de prevenção ao Câncer da Pele. Com o tema “Se exponha, mas não se queime”, a campanha pretende conscientizar e educar as pessoas sobre os riscos do câncer da pele decorrentes da exposição excessiva ao sol sem proteção. 
Em Uberlândia, dermatologistas, residentes, alunos de medicina e técnicos administrativos, todos voluntários, farão o atendimento da população, no Ambulatório Central do HCU-UFU, localizado na Avenida Pará, 1720 – Campus Umuarama, das 8h às 15h. De acordo com o coordenador da campanha na cidade e responsável pelo serviço de Dermatologia do HCU, Alceu Berbert, o atendimento será restrito para análise e diagnóstico de lesões suspeitas de câncer da pele.
Câncer da Pele

O câncer da pele é o crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele. Estas células se dispõem formando camadas e, dependendo da camada afetada, haverá diferentes tipos de câncer. Os mais comuns são os carcinomas basocelulares, espinocelulares e melanomas. A doença pode se manifestar como uma pinta ou mancha, geralmente acastanhada ou enegrecida, como também uma ferida que não cicatriza.
De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), qualquer pessoa pode ser acometida pelo câncer da pele, mas verifica-se maior incidência em pessoas de pele, olhos e cabelos claros, os ruivos e os portadores de “sardas”; os que se expõem ao sol por tempo prolongado e os que sempre se queimam e nunca se bronzeiam.
A orientação dos especialistas é evitar a exposição excessiva ao sol, usar o protetor solar, mesmo em dias frios e nublados. É importante também se proteger com o uso de chapéus e camisetas e utilizar barracas feitas de algodão ou lona. Crianças e bebês devem estar sempre protegidos do sol. Filtros solares podem ser usados a partir dos seis meses de vida. 

Fonte: Assessoria de Comunicação do HCU-UFU

Nenhum comentário:

Postar um comentário