quarta-feira, 5 de abril de 2017

Países precisam adotar medidas urgentes para reduzir mortes por tuberculose, diz UNAIDS

No Dia Mundial de Combate à Tuberculose, lembrado em 24 de março, o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (UNAIDS) encorajou os países a fazerem muito mais para reduzir o número de mortes por tuberculose (TB) entre pessoas vivendo com HIV.
A tuberculose é a causa mais comum de hospitalização e morte entre pessoas HIV positivas. Em 2015, 1,1 milhão de pessoas morreram de alguma doença relacionada à AIDS — cerca de 400 mil delas morreram de tuberculose, incluindo 40 mil crianças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário