sábado, 3 de setembro de 2016

O Sexo da Palavra - Projetos Editoriais


O Sexo da Palavra é um projeto inovador na área de produção editorial que tem por objetivo criar pontes entre autores e seus livros de forma dinâmica, rápida e eficiente. Partindo dos estudos de gênero e sexualidade, mote fundamental da editora, o projeto se organiza de maneira orgânica e funcional, priorizando o objeto livro como produto de alta qualidade, com custo acessível e criando um plano de escoamento prático e atual. Dessa forma, conseguimos, além de ocupar um nicho crescente de mercado, criar formas alternativas de produção onde o autor participa de todo o processo sendo acompanhado por uma curadoria específica e um planejamento de posicionamento de marketing com resultados expressivos.

Oriunda de um projeto de estudos literários, a editora se constrói para enfrentar a deficiência do mercado em aglutinar academia e literatura de forma acessível. Assim sendo, O Sexo da Palavra se dispõe a editar coletâneas, textos originais como contos, romances etc, teses e dissertações, entre tantos outros tipos de trabalho ligados a gênero e sexualidade aliando qualidade e preço.

A lógica da editora é conseguir seguir basicamente 3 equações que abreviam a criação de um livro, conforme o esquema a seguir:

3passos.png
Um livro para ser editado por O Sexo da Palavra passa primeiramente por um processo de seleção e curadoria. Nesse estágio o custo não é repassado para o autor, sendo essa fase considerada de viabilidade editorial, considerando-se que o texto condiz com o objetivo da editora e se há interesse comercial para ser trabalhado.
Após os acordos primários e aceitação do texto, o cliente inicia um diálogo com a produção visual, traçando objetivos, que vão desde o desenvolvimento de identidade, ilustração, fotografia, design e diagramação do produto. Os custos dessa fase variam conforme a necessidade do cliente, mas o produto oferecido segue uma tabela para melhor performance editorial. Discute-se nessa fase a quantidade de livros, formato, papel, cor e tudo o mais que envolva a impressão do material.

esquema.png
Fechando esse ciclo e firmando contratação do serviço, o cliente tem diversas opções para dar prosseguimento ao processo. A primeira delas é o custeio por conta própria, recebendo o livro condizente ao contratado sendo de sua responsabilidade a distribuição e venda. Ainda custeando por conta própria, o cliente pode contratar o serviço de marketing e distribuição, que deve ser planejado a partir do posicionamento desejado pelo autor, valendo-se do que a editora está disposta a oferecer. A segunda maneira de produzir o livro é contratando a editora para criar estratégias de financiamento do mesmo, criando uma parceria com o cliente em que ele autoriza uma pré venda do livro em forma de financiamento coletivo, em que o valor arrecadado seja igual ou superior à produção da tiragem. O valor será repassado à editora e o cliente terá como retorno o excedente dessa venda antecipada e possíveis lucros em uma campanha bem sucedida. Aliar a produção com o financiamento é, além de um serviço personalizado e inovador para o cliente, a garantia de que um investimento terá retorno certo. O cliente, desse modo, não investe no seu livro, sendo ele parceiro da editora na divulgação e captação de recurso para que seja editado seu produto.

2maneiras01.png

2maneiras02.png
O Sexo da Palavra ainda é um projeto que pretende se fortalecer e se tornar uma editora. Nesse estágio estamos criando propostas para que possamos realizar projetos que primem pela qualidade e que tragam retorno satisfatório para o cliente. Como projeto-piloto está em produção o livro “Um beijo que Morde – autobiografia ficcional, paternidade e homoerotismo em textos de João Gilberto Noll” do Prof. Dr. Fábio Figueiredo Camargo.

HEADER_MAIL.png
Nos ajude a financiar esse projeto e receba diversas recompensas. A partir do investimento de R$ 20,00 você já recebe um exemplar do livro.
Entre no link da campanha e participe!
FINANCIA.png

Nenhum comentário:

Postar um comentário