segunda-feira, 18 de abril de 2016

ONU Mulheres e Coca-Cola promovem oficinas sobre igualdade de gênero e capacitam 35 mil pessoas


Em comunidades de baixa renda de 24 estados e do Distrito Federal, 22 mil mulheres e 13 mil homens participaram dos cursos de formação que buscam promover o empoderamento econômico do público feminino. Parceria entre a ONU Mulheres e o Instituto Coca-Cola Brasil já tem três anos.

Cerca de 22 mil mulheres e 13 mil homens de comunidades de baixa renda já participaram de oficinas de capacitação sobre igualdade de gênero, realizadas por uma parceria de três anos entre a ONU Mulheres e o Instituto Coca-Cola Brasil. Cursos de formação foram oferecidos em 24 estados e no Distrito Federal e se dividiram em três áreas – reciclagem, empreendedorismo e varejo.

Esses números foram divulgados durante o último Congresso do Grupo de Instituições, Fundações e Empresas (GIFE), quando o Instituto Coca-Cola e a ONU Mulheres apresentaram os resultados de suas iniciativas conjuntas para promover o empoderamento econômico das mulheres.

O público mobilizado pelas oficinas incluiu empreendedoras, jovens em preparação para entrada no mercado de trabalho e membros de cooperativas de materiais recicláveis.

A parceria envolveu a plataforma Coletivo Coca-Cola, voltada para o fortalecimento comunitário e para a geração de renda nas comunidades. A ONU Mulheres contribuiu com perspectivas sobre igualdade de gênero, empoderamento feminino e direitos humanos, além de ajudar no aprimoramento dos currículos de treinamento e das ferramentas de monitoramento do Instituto.

“Como eixo social da Coca-Cola Brasil, o Instituto juntou a sua expertise com comunidades e esforços com os da ONU Mulheres. Construímos maneiras inovadoras de mudar a realidade de comunidades de baixa renda. Alcançamos resultados surpreendentes e percebemos o potencial de setores corporativos ligados à iniciativa privada mobilizarem atenção e investimentos para o empoderamento econômico das mulheres e das comunidades”, explicou a representante da ONU Mulheres no Brasil, Nadine Gasman.

“Temos uma rota e convidamos outras corporações a seguirem conosco em favor dos direitos das mulheres”, sugeriu. Apesar de estarem focadas no fortalecimento das mulheres, as oficinas também contaram com a participação de mais de 10 mil homens dos coletivos de reciclagem e varejo.

“Considerando que a maioria dos homens são parte da mesma família ou comunidade das mulheres beneficiárias, eles têm o potencial de apoiar uma mudança social e de comportamento em comunidades e baixo poder econômico em favor dos direitos das mulheres”, acrescentou Gasman.

Por meio da colaboração das mulheres ao longo dos cursos, foi elaborado o Guia de Formalização Fácil para Empreendedoras. As oficinas também possibilitaram a aquisição de informações sobre gênero, raça e etnia para o Manual de Compras Sustentáveis, do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), composto por mais de 70 grandes grupos empresariais do país, entre eles, a Coca-Cola.

Para a facilitação das atividades de formação, o Instituto Coca-Cola e a ONU Mulheres produziram três vídeos educativos, com o apoio do Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM).

Os materiais audiovisuais despertaram debates e reflexões sobre as relações cotidianas, as divisões de tarefas no ambiente doméstico e familiar e as consequências das desigualdades de gênero no mercado de trabalho e na comunicação.

“Acreditamos que as empresas podem e devem atuar para além das fronteiras de suas políticas de recursos humanos, para além das paredes de seus escritórios e fábricas, como agentes incentivadores de transformações que rompam os padrões culturais e tornem a sociedade mais justa e igualitária”, explicou a diretora-executiva do Instituto Coca-Cola, Daniela Redondo.

“É por isso que essa parceria com a ONU Mulheres tem um papel tão importante para a promoção do empoderamento socioeconômico das mulheres em comunidades de todo o Brasil”, afirmou.

A Coca-Cola é signatária dos Princípios de Empoderamento das Mulheres (WEPs, na sigla em inglês), uma iniciativa da ONU Mulheres e do Pacto Global das Nações Unidas. A empresa também integra o Conselho Assessor de Liderança do Setor Privado da ONU Mulheres.

Fonte: https://nacoesunidas.org/onu-mulheres-e-coca-cola-promovem-oficinas-sobre-igualdade-de-genero-e-capacitam-35-mil-pessoas/

Nenhum comentário:

Postar um comentário