segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

HCU-UFU promove Semana Mundial de Luta contra o preconceito pela Hanseníase

O Centro de Referência Nacional em Dermatologia Sanitária e Hanseníase do Hospital de Clínicas de Uberlândia da Universidade Federal de Uberlândia (Credesh /HCU-UFU) promove de 25 a 29 de janeiro, a Semana Mundial de Luta contra o preconceito pela Hanseníase.
A programação conta com stands nas unidades de saúde de Uberlândia e durantes as missas, para orientar a população sobre a doença, os sintomas e a importância do tratamento. Além da entrega de folders, acontecerão apresentações de teatro e musical.
A Hanseníase representa um problema de saúde publica que exige vigilância em todos os níveis de atenção. O tratamento é gratuito e está disponível nas unidades do Sistema Único de Saúde (SUS).
A doença é crônica, proveniente de infecção causada pelo  Mycobacterium leprae. Considerada infectocontagiosa, de evolução lenta, manifesta-se por meio de sinais e sintomas dermatoneurológicos, como lesões na pele e nos nervos periféricos, principalmente, nos olhos, mãos e pés.
O diagnóstico precoce e o tratamento adequado evitam sua evolução e consequentemente impedem a instalação das incapacidades físicas por ela provocadas.
A organização do evento conta com a parceria da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Uberlândia, do MORHAN Movimento de Reintegração da Pessoa Atingida pela Hanseníase e a Casa das Bem Aventuranças (CBA).
Confira a programação completa: 

 Fonte: Assessoria de Comunicação HCU-UFU


Nenhum comentário:

Postar um comentário