quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Dia Internacional para a Prevenção da Exploração do Ambiente em Tempo de Guerra e Conflito Armado


Em observância ao Dia Internacional para a Prevenção da Exploração do Ambiente em Tempo de Guerra e  Conflito Armado, o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, advertiu hoje (6) sobre os vínculos tênues entre conflito, paz e meio ambiente, exortando a comunidade internacional a reconhecer a paz e a segurança como “uma quarta dimensão crítica” do desenvolvimento sustentável.
“A guerra e os conflitos armados destroem a teia do desenvolvimento sustentável”, disse Ban Ki-moon em sua mensagem para o Dia, celebrado desde 2001. ”Não pode haver paz se o recurso básico do qual as pessoas dependem para alimento e rendimento estiver danificado ou destruído – ou se a sua exploração ilegal servir para financiar ou causar conflitos”, acrescentou.
De acordo com o Programa da ONU para o Meio Ambiente (PNUMA), pelo menos 40% de todos os conflitos internos dos últimos 60 anos tiveram ligação com a exploração de recursos naturais, recursos de alto valor, tais como madeira, diamantes, ouro e petróleo, ou escassez de recursos como terra fértil e água. Além disso, os conflitos envolvendo recursos naturais têm duas vezes mais probabilidade de se tornarem violentos.
“Neste Dia Internacional, reafirmemos nosso compromisso em gerir de forma sustentável e salvaguardar os recursos naturais, vitais em tempo de paz e de guerra”, afirmou Ban. “Façamos mais para prevenir conflitos por causa dos recursos naturais e maximizemos seus benefícios para a manutenção e a construção da paz.”


Nenhum comentário:

Postar um comentário