terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Cidadania: BH promove saúde da população e inaugura 44ª Academia da Cidade

O programa Academia da Cidade ganha cada vez mais espaço em Belo Horizonte. Com o objetivo de promover a saúde e contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas através da prática de atividades físicas, foi inaugurada no sábado, dia 11, no bairro Campo Alegre, na região Norte, a 44ª unidade da Academia da Cidade na capital mineira. O novo espaço é o oitavo da região e recebeu investimento de R$ 150 mil. A solenidade de inauguração contou com as presenças do prefeito Marcio Lacerda, do secretário municipal de Saúde, Marcelo Teixeira, e do secretário regional Norte, Haldley Campolina Vidal, entre outras autoridades.
As 44 unidades estão espalhadas por toda a cidade e cerca de 21 mil pessoas são beneficiadas pelo programa. “Com esse novo espaço estamos contribuindo cada vez mais para a promoção da saúde da população”, ressaltou Marcio Lacerda. Segundo o secretário Marcelo Teixeira, a meta da Prefeitura de Belo Horizonte é chegar a 48 Academias da Cidade até o fim de 2012. “A região Norte vai ganhar mais duas unidades, uma no bairro Jardim Felicidade e outra no Jardim Guanabara”, adiantou.
Para dar ainda mais qualidade às atividades e com o objetivo de garantir a segurança de todos os praticantes dos exercícios, todas as atividades são monitoradas por profissionais de Educação Física. As aulas seguem um planejamento trimestral e os exercícios são feitos com steps, colchonetes, bastões, bolas, arcos, pesos feitos com materiais alternativos (construídos com garrafas pet e areia), caneleiras, cama elástica e cordas.

Para Ayslam de Carvalho, coordenador das academias da região Norte, praticar atividade física é um importante fator de prevenção de doenças de risco como diabetes e obesidade, além de problemas cardiovasculares. “As aulas buscam motivação na prática do exercício e na socialização das pessoas cuidando também da saúde mental”, enfatizou. Atividades específicas são desenvolvidas para atender pessoas portadoras de deficiências física, mental, auditiva, visual, motora ou múltipla. (...)

Nenhum comentário:

Postar um comentário