quinta-feira, 15 de agosto de 2019

OSESP REVISITA PERÍODOS E APRESENTA UM PROGRAMA INTEIRAMENTE DEDICADO À MÚSICA BARROCA

Nos concertos anteriores, ao lado dos bailarinos da São Paulo Cia de Dança, um programa apenas com obras russas do início do século XX. Uma semana depois, um salto de quase três séculos no passado para obras compostas no período barroco.
Focados num dos períodos musicalmente mais produtivos de toda a história, os concertos da Osesp desta semana pretendem homenagear o Barroco e mostrar como a diversidade nascida nessa época se desdobra no universo da música instrumental. Os concertos acontecem entre os dias 22 e 24 de agosto, na Sala São Paulo, regidos por Luís Otávio Santos e com solos de oboé d’amore a cargo de Arcádio Minczuk.

O repertório do programa apresenta três dos mais destacados compositores do período, Georg Muffat, Händel e Johann Sebastian Bach, talvez o mais importante dentre eles. A obra de Muffat, inspirada nos concertos do italiano e Arcangelo Corelli, comprova o gosto italiano pelas texturas, contrastes e pelo domínio das cordas. Já Handel nos mostra a música feita para os grandes eventos, como sinônimo de riqueza, poder e do estilo aristocrático, comum à arte Barroca.

Por fim, a música de Bach - considerado por muitos críticos de diversas épocas não apenas o maior gênio do Barroco, mas um dos grandes mestres de todo o repertório clássico. A Suíte Orquestral no 4 em Ré Maior é apoteótica. O Concerto ParaOboé d’Amore é um dos exemplos da visão bachiana para o modelo italiano de Concerto para instrumento solista.

O regente Luís Otávio Santos é um especialistas brasileiros nesse repertório e levará o público a uma viagem que cruzará quase um século e meio de descobertas musicais.

Os concertos da Osesp são uma realização da Fundação Osesp, do Governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania e Governo Federal.  

O ensaio geral, na quinta, às 10h, é aberto ao público (com ingressos a R$15).
As notas de programa e link para aquisição de ingressos, no site da Osesp.

LUÍS OTÁVIO SANTOS E ARCÁDIO MINCZUK
22.8 quinta 10h – Ensaio Aberto
22.8 quinta 20h30
23.8 sexta 20h30
24.8 sábado 16h30

Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo
Luís Otávio Santos, regente
Arcádio Minczuk, oboé d’amore

PROGRAMA
GEORG FRIEDRICH HÄNDEL
Concerto a Due Cori nº 2 em Fá maior, HWV 333
GEORG MUFFAT
Armonico Tributo: Sonata nº 2 em sol menor
JOHANN SEBASTIAN BACH
Concerto para Oboé d'Amore em Lá maior, BWV 1055R
Suíte Orquestral nº 4 em Ré maior, BWV 1069
Ingressos (inteira): entre R$ 55,00 e R$ 230,00.
* Durante o Ensaio podem acontecer pausas, repetições de trechos e alterações na ordem das obras de acordo com a orientação do regente. Os ingressos para o Ensaio custam R$ 15,00, a inteira.

SALA SÃO PAULO | SERVIÇO
Praça Júlio Prestes, 16
Bilheteria (INTI): (11) 3777-9721; https://osesp.byinti.com/#/ticket/
Sala São Paulo: 1484 lugares | Sala do Coro: 150 lugares
Recomendação etária: 7 anos
Cartões de crédito: Visa, Mastercard, American Express e Diners.
Estacionamento: R$ 28,00 (noturno e sábado após 12h30) e R$ 16,00 (sábado e domingo até 12h30)| 611 vagas, sendo 20 para portadores de necessidades especiais e 33 para idosos.
Aposentados, pessoas acima de 60 anos, estudantes e professores da rede pública têm 50% de desconto, mediante comprovação, em todas as atividades.

INFORMAÇÕES À IMPRENSA
Alexandre Félix 

Nenhum comentário:

Postar um comentário