terça-feira, 19 de julho de 2016

O bem-estar na sociedade: um novo foco da psicologia e da neurociência

Enquanto a maioria dos pesquisadores se dedica a investigar a ansiedade e a depressão, o Instituto de Psicologia da USP ganha um novo centro de estudo voltado para a qualidade de vida
A vida na atualidade não parece ser tão simples quanto aquela que é retratada nos comerciais. Rotinas corridas e cansativas podem gerar altos índices de estresse e levar a outros problemas que comprometem a saúde mental. Não é por menos que dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que a ansiedade e a depressão são os dois transtornos mentais mais comuns no mundo. Juntas, as duas doenças custam mais de US$ 1 trilhão para a economia global.
Tendo como tema central de estudo a estruturação de métodos de avaliação e promoção do bem-estar da população brasileira, a proposta do Centro de Pesquisa Aplicada em Bem-Estar e Comportamento Humano é bem diferente. Inaugurado no final de junho, a iniciativa é da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) em conjunto com a Natura, empresa privada do setor de cosméticos. Contando com uma rede de pesquisadores de três universidades paulistas – USP, Unifesp (Universidade Federal do Estado de São Paulo) e Universidade Presbiteriana Mackenzie – a sede está localizada na Cidade Universitária, no Instituto de Psicologia (IP) da USP. [...]

Nenhum comentário:

Postar um comentário