sábado, 30 de janeiro de 2016

Economia: onde começa a informalidade???

Publicado em Pesquisa, Sociedade por Bianka Vieira
A Organização Internacional do Trabalho (OIT) acaba de divulgar um relatório com más notícias para o Brasil: suas previsões estipulam que a taxa de desemprego continuará a crescer ao redor do mundo não apenas em 2016, como também em 2017, com 700 mil novos desempregados no país até o próximo ano. Enquanto a onda de demissões e não abertura de novas vagas preocupa, o cenário brasileiro também vê surgir empreendedores – boa parte deles informais.
Responsáveis pelo que corresponderia a cerca de 20% do Produto Interno Bruto (PIB), essas pessoas pertencem a grupos de micro e pequenos empreendedores que se veem impossibilitados de formalizarem a situação de seus negócios diante da burocracia e da alta carga tributária presentes no processo de legalização. Uma economia nem tão subterrânea assim que tem atraído cada vez mais pessoas.
“Tem muita gente perdendo o emprego. O Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), que é o saldo anual de contratações menos demissões, vai acumular mais de 1,5 milhões de vagas cortadas; a taxa de desemprego está indo para a casa de 10%. As pessoas perdem o emprego e vão para o setor informal, que aparece como uma saída para elas”, afirma Julia Passabom Araujo, economista formada pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP. [...]

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário