terça-feira, 16 de outubro de 2012

Pobreza prejudica diversidade de vínculos sociais, afirma estudo da FFLCH/USP


Viver em condição de pobreza prejudica vários aspectos da vida de um indivíduo. A despeito da convicção de que comunidades mais pobres geram laços mais fortes entre seus integrantes, uma pessoa que vive na periferia e com condição econômica ruim tem mais dificuldade também em manter relacionamentos sociais duradouros fora da família e da vizinhança – além de ter acesso a um círculo menos diversificado de pessoas.
A análise faz parte do estudo Redes sociais, sociabilidade e segregação, desenvolvido pelo professor Eduardo Cesar Leão Marques, no Centro de Estudos da Metrópole (CEM). [...]
Leia a matéria completa em

Nenhum comentário:

Postar um comentário