quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Crise humanitária por refugiados atinge nível sem precedentes


A crise humanitária relacionada ao fluxo de refugiados no mundo atingiu um nível sem precedentes nos últimos 10 anos, declarou nesta segunda-feira (1º/10) Antonio Guterres, do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (Acnur).
Ao receber a palavra na reunião anual do comitê executivo do Acnur, Guterres declarou que desde o início do ano "mais de 700.000 pessoas fugiram de Síria, Mali, República Democrática do Congo, Sudão e Sudão do Sul".
"Em 2011, mais de 800.000 pessoas tinham se refugiado além de suas fronteiras, ou seja uma média de mais de 2.000 refugiados por dia", acrescentou.
Os custos da ajuda que o Acnur deve fornecer a mais de 42 milhões de deslocados aumentam fortemente, com crises prolongadas na Somália e no Afeganistão, por exemplo, indicou o Alto Comissariado.[...]

Nenhum comentário:

Postar um comentário