sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Semana da literatura em Cabo Frio - de 8 a 14 de outubro (Organização Literarte)

Sábado dia 8 de outubro:
10:30 horas: Abertura do ciclo de escritores com a presença dos escritores convidados Arlete Trentini, autora do livro "Histórias da vovó Arlete, e o Poeta Gasparense JC Bridon.
Manhã de autógrafos com escritores

Domingo dia 9 de outubro:
11:00 horas: Palestra com o poeta Rodrigo Octávio (Rodrigo Poeta)
Aonde foi a fantasia?
Presidente da ACLAC
Segunda-feira dia 10 de outubro:
8:00 horas: Abertura a visitação escolar
8:30 horas: Encontro com a escritora Ceiça Esch, palestra sobre “ A poesia direcionada ao público infantil”
Lançamento do livro : A lagartixa Voadora

9:30 : Osvaldo Pansera, Escritor do Rio Grande do Sul, palestra sobre Bullyng

10:00 horas: Encontro com a escritora Isis Berlinck , lançamento do livro “Venha passear comigo”
11:00 horas: Encontro com a escritora Zezé barcelos
Lançamento do livro : A lagartixa Voadora
Terça –feira dia 11 de outubro
10:00 Palestra com o tema ( Civilização perdida de Atlântida, Mito ou verdade)
Lançamento do livro (O regresso de Atlântida)
Escritora Izabelle Valladares
10:00 Palestra do escritor Alex Feitosa
A história da literatura
Seguindo a semana :
Tardes Literárias acontecerão no Charitas, nos dias 12, 13 e 14 de outubro. Nos dois primeiros dias terão início às 18 horas e no dia 14, às 17h30min.

PROGRAMAÇÃO:

Dia 12 (quarta-feira) - 18 horas
Escritor Ferreira Gullar – Tema “A poesia de Ferreira Gullar”
Mediador Fabio Coelho – Professor e Doutorando em Língua Portuguesa
Dia 13 (quinta-feira) – 18 horas
Jornalista Luiz Costa Pereira Júnior e Professor Pasquale - Tema “Uma Prosa sobre a Língua Portuguesa”
Mediador Fabio Coelho - Professor e Doutorando em Língua Portuguesa
Dia 14 (sexta-feira) - 17h30min
Escritora Ângela Dutra de Menezes - Tema “O Português que nos pariu: reflexões sobre colonização e cultura”
Mediador Claudio Capuano – Professor e Doutor em Literatura Comparada

Escritores Convidados

FERREIRA GULLAR
Ferreira Gullar, pseudônimo de José Ribamar Ferreira, nasceu em São Luís, no Maranhão, em 10 de setembro de 1930. É poeta, crítico de arte, biógrafo, tradutor, memorialista e ensaísta brasileiro.
Morando no Rio de Janeiro, participou do movimento da poesia concreta, sendo então um poeta extremamente inovador e escrevendo seus poemas, por exemplo, em placas de madeira, gravando-os.
LUIZ COSTA PEREIRA JÚNIOR
Luiz Costa Pereira Júnior é o atual editor da revista Língua Portuguesa. Nasceu em Maceió, Alagoas. Engana-se quem pensa que seu primeiro emprego foi no jornalismo. Aos quinze anos, já trabalhava em uma usina de cana-de-açúcar. Mais tarde, ingressou na faculdade de jornalismo.
Luiz Costa não só praticou o jornalismo. Ele também enveredou pelo campo acadêmico. Trabalhou na UNESP de Bauru, nas Faculdades Radial e na Faculdade Cásper Líbero.
Em 2005 recebeu um grande desafio, o de criar a primeira revista especializada em língua portuguesa. Depois de muitos estudos e pesquisas, foi lançada em agosto do mesmo ano a edição número 1 da revista Língua Portuguesa, que aborda de várias maneiras as curiosidades, complexidades e variedades inerentes ao idioma. O veículo ganhou o prêmio de melhor revista do ano e de melhor jornalismo para um público focado.
PROFESSOR PASQUALE
Pasquale Cipro Neto licenciou-se em Letras na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Professor de Português desde 1975, é também colunista dos jornais Folha de S.Paulo, O Globo e Diário do Grande ABC, entre outros, e da revista literária Cult. É o idealizador e apresentador do programa Nossa Língua Portuguesa, transmitido pela Rádio Cultura (São Paulo) e pela TV Cultura, e do programa Letra e Música, transmitido pela Rádio Cultura.
Pasquale notabilizou-se por popularizar a interpretação de textos e em especial as dúvidas de gramática, levando-as à televisão em 1994 e utilizando exemplos de textos jornalísticos, poemas e músicas, entre outros, para embasar suas explanações.
ÂNGELA DUTRA DE MENEZES
Ângela Dutra de Menezes é escritora e jornalista. Nasceu no Rio de Janeiro, onde mora. Enquanto exerceu a profissão de jornalista, trabalhou no jornal O Globo e foi editora da revista Veja. Abandonou as redações para se dedicar a sua verdadeira paixão: a literatura. Em 1995 recebeu o prêmio de revelação na Bienal do Livro, com “Mil anos menos cinquenta”, considerado pelo jornal madrileno La Cultura como um dos quatro melhores lançamentos de 1997, ano da sua publicação na Europa. A pesquisa histórica e o humor são marcas registradas da autora, que também publicou “Santa Sofia”, “O avesso do retrato”, “Livro do Apocalipse segundo uma testemunha”, “Todos os dias da semana” e “O Português que nos pariu”.

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário