sábado, 14 de outubro de 2017

UNICEF e Beyoncé se unem pela liberdade das meninas

Para lembar o Dia Internacional das Meninas, observado neste 11 de outubro, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) lançou a iniciativa “Liberdade para as Meninas”, projeto de conscientização online que recebeu o apoio da cantora Beyoncé Knowles. O vídeo da campanha mostra jovens de diferentes partes do mundo dançando ao som de “Freedom”, hit da artista norte-americana. Agência da ONU convoca todos a lutar por um mundo mais justo, sem desigualdades de gênero.
Para lembrar o Dia Internacional das Meninas, observado neste 11 de outubro, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) lançou a iniciativa “Liberdade para as Meninas”, projeto de conscientização online que recebeu o apoio da cantora Beyoncé Knowles. O vídeo da campanha mostra jovens de diferentes partes do mundo dançando ao som de “Freedom”, hit da artista norte-americana. Produção explica como as desigualdades de gênero afetam tragicamente a vida das crianças.
Segundo dados da agência da ONU, a cada cinco minutos, uma menina morre vítima de violência. Uma em cada quatro se casa ainda durante a infância. Das vítimas de tráfico humano, 71% são mulheres. Cerca de 63 milhões de jovens já foram submetidas à mutilação genital feminina.
As disparidades também afetam a saúde e a educação das mulheres. Atualmente, existem 130 milhões de meninas fora da escola. Em média, as meninas também têm duas vezes mais chances de contrair HIV.
Para o UNICEF, ser menina é lutar diariamente pela liberdade. Com a campanha, o organismo internacional convoca usuários das redes sociais a definir o que eles acham que é “liberdade para as meninas”. Para participar, use a hashtag em inglês, #FreedomForGirls.
A agência da ONU também chama países, comunidades e indivíduos a trabalharem juntos para cumprir os Objetivos Globais da ONU, um conjunto ambicioso de metas que prevê a erradicação de todas as formas de violência de gênero até 2030. O plano inclui ainda a promoção da educação de qualidade, do bem-estar e da segurança para todos, em qualquer parte do mundo, bem como o fim da epidemia de AIDS como problema de saúde pública.
Acesse o site da campanha e conheça outras iniciativas para a promoção dos direitos das meninas: http://www.globalgoals.org/dayofthegirl.
O vídeo do UNICEF é uma parceria com outra campanha da ONU, a Global Goals, voltada para o cumprimento das metas da Agenda 2030.

Nenhum comentário:

Postar um comentário