quarta-feira, 31 de agosto de 2011

ORATÓRIO: Artefato religioso no contexto doméstico

  

Jornada de Estudos: A cidade de São Paulo - tempos de transformação, tempos de reflexão


Dias 19, 20 e 21 de setembro

Horário: das 9h00 às 12h30.
Local: Auditório do MP/USP
Coordenação: Profa. Dra. Cecília Helena Lorenzini de Salles Oliveira

Objetivo:
A Jornada de Estudos reúne pesquisadores que se dedicam a problematizar temas e questões envolvendo a história/memória da Cidade, bem como espaços, dimensões e narrativas da e na cidade. A proposta é a de promover um fórum de discussões, por intermédio da apresentação de estudos de caráter interdisciplinar, com enfoques múltiplos e em diferentes níveis de desenvolvimento, de sorte a possibilitar o compartilhamento de experiências e conhecimentos.
Público alvo: alunos de graduação, pós-graduandos, estudiosos da História de São Paulo, professores e educadores.
Período de inscrição:
23 de agosto a 15 de setembro no site www.mp.usp.br
Informações adicionais: acadmp@usp.br ou pelo tel: 2065-8075 (Estela ou Sônia)
O valor da taxa de inscrição é de R$ 20,00. As
fichas de inscrição deverão ser preenchidas e encaminhadas pelo e-mail acadmp@usp.br juntamente com o comprovante de depósito bancário.
Ficha de inscrição
http://www.mp.usp.br/acontece/cursos.html
  

Instituto Cervantes, PBH, Fundação Clóvis Salgado e Usiminas Belas Artes unem forças para promover eventos culturais na cidade.


Parceria trará exposição de fotografias contemporâneas, exposição de gravuras de Goya, festival de cinema e Assembleia Interlocal de Cidades para Belo Horizonte

O Instituto Cervantes em Belo Horizonte, órgão oficial do Governo da Espanha e referência mundial na difusão da cultura espanhola e do ensino do espanhol, a Fundação Clóvis Salgado, a Fundação Municipal de Cultura (FMC)/Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) e o Usiminas Belas Artes fecharam parceria inédita, que viabilizará diversos eventos culturais e artísticos na cidade ao longo de 2011. O anúncio foi feito durante a inauguração da primeira programação do calendário, a exposição de fotografias “50x60 Polaroid Gigante”, no Centro de Arte Contemporânea e Fotografia.

Participaram do encontro o cônsul da Espanha para assuntos de Educação e Cultura e diretor do Instituto Cervantes em Belo Horizonte, Ignacio Martinez-Castignani, a presidente da Fundação Clóvis Salgado, Solanda Steckelberg, o secretário adjunto de Relações Internacionais, Rodrigo Perpétuo, a presidente da Fundação Municipal de Cultura, Thais Velloso Cougo Pimentel, o gestor do Usiminas Belas Artes, Anderson Faria e o curador dos filmes latino-americanos do festival El Cine 2011, Eduardo Garreto, que falaram sobre a parceria entre as instituições públicas e privadas e apresentaram o projeto e os eventos que o integram.

O diretor do Instituto Cervantes, Ignacio Martinez-Castignani, explica que as instituições se uniram em torno do mesmo objetivo. “Nossa intenção é promover políticas de cidade, políticas culturais e educativas, trazer eventos internacionais e reforçar o protagonismo de Belo Horizonte e de Minas Gerias na cena cultural brasileira.”

Para a presidente da Fundação Municipal de Cultura, Thais Pimentel, a parceria é importante por que ``articula a representação espanhola no município e no estado, em torno de trocas culturais e compartilhamento de experiências que acrescentem conteúdos e contribuam para a ampliação da cidadania dos moradores de Belo Horizonte´´.

Eventos programados

A exposição “50x60 Polaroid Gigante”, que termina em 12 de junho, é o primeiro passo para o projeto global. Inédita no país, ela abrange fotografias obtidas por renomados artistas espanhóis entre 1992 e 1994, a partir de uma das cinco câmeras Polaroid Gigante (50x60cm) existentes no mundo.
Entre 16 de setembro e 4 de outubro, Belo Horizonte receberá o “El Cine 2011 – I Festival de Cinema Espanhol e Latino-Americano de Belo Horizonte”, que exibirá 168 produções inéditas da Espanha e de toda a América Latina no Usiminas Belas Artes, Cine Humberto Mauro e Centro de Cultura de Belo Horizonte. Os filmes serão divididos em ciclos —mulheres diretoras, vídeocriação, diversidade, curtas-metragens, jovens diretores, entre outros. Além da mostra, o El Cine 2011 também pretende promover espaços de encontro na cidade, concertos, oficinas e seminários com diretores.

De 25 a 27 de outubro, a cidade sediará a V Assembleia da Rede Interlocal de Cidades Ibero-Americanas para a Cultura, que reunirá gestores de cultura da Espanha e da América Latina para debater sobre o desenvolvimento local e estadual, por meio de políticas culturais. Realizada pela primeira vez no Brasil, a assembleia terá como conteúdo central a “Cultura local e desenvolvimento econômico: transformação social”. A proposta é analisar o desenvolvimento em seu mais amplo sentido, que vai além de suas acepções econômicas e supõe uma harmonização eficaz e decisiva dos componentes sociais, culturais e políticos da humanidade. As cidades, nesse sentido, exercem extraordinário protagonismo e se situam como o eixo central para gerar sociedades comprometidas com um desenvolvimento que não priorize somente o mercado. Por isso, é importante que exponham suas propostas, suas experiências, gerando debates e análises prospectivas, que sustentem as estratégias.
Para encerrar a programação do ano e o primeiro ano de parceria, a sede da Prefeitura de Belo Horizonte abrigará, entre 27 de setembro e 23 de outubro, a exposição “Los Caprichos de Goya”, série histórica de gravuras do artista Francisco de Paula José Goya y Lucientes (1746-1828), um dos maiores pintores espanhóis.


A exposição apresenta cerca de 80 obras — gravuras em água-forte, água-tinta, ponta seca e buril — produzidas entre 1793 e 1799.

Esta será a primeira vez que a obra de Goya virá a Minas Gerais. A exposição também está integrada à programação do El Cine 2011 e da Rede Interlocal.
Além da exposição, haverá uma palestra sobre a vida, a obra e a técnica artística de Goya.

Como extensão das atividades que ocorrerão na sede da PBH, pretende-se, também, realizar no Parque Américo Renné Giannetti exposição das obras do autor reproduzidas em banners, a serem afixados no gradil, ampliando sua visibilidade.

O projeto apresentará aos visitantes e habitantes da cidade a riqueza da obra do renomado artista espanhol, por meio de pesquisas, exposição e divulgação de seu trabalho.
Fonte: http://www.bheventos.com.br/portal/site/noticia.php?id=2686

  

ONU: FAO alerta para nova estirpe do vírus da gripe aviária

Juan Lubroth, chefe dos Serviços de Veterinária da Organização da ONU para Agricultura, e Alimentação, FAO, fala do alastramento de uma nova estirpe do vírus da gripe aviária, conhecido por H5N1.
Em entrevista à Rádio ONU, de Roma, Lubroth aborda os riscos para a saúde humana, aponta factores de diferenciação com a estirpe anterior e a vulnerabilidade dos países.
Acompanhe a entrevista a Eleutério Guevane em http://www.unmultimedia.org/radio/portuguese/2011/08/fao-alerta-para-nova-estirpe-do-virus-da-gripe-aviaria/
  



405 anos da publicação do livro Dom Quixote de Miguel de Cervantes.

Em 1605, há exatamente 405 anos, foi comercializada a primeira edição de Dom Quixote de la Mancha, obra-prima de Miguel de Cervantes, que marcou o início do romance moderno e o nascimento do "mito quixotesco" ou a defesa dos mais elevados princípios morais. A literatura nunca mais seria a mesma depois que um fidalgo espanhol, Quijano, fã de romances de cavalaria e, delirante, decidiu sair pelo mundo afora, na companhia do pangaré Rocinante e de Sancho Pança, seu fiel escudeiro e contraponto, para fazer o bem e salvar donzelas em perigo.
Saiba mais em
  

Academia Brasileira de Trova apresenta palestra: “HAGIOGRAFIA QUEIROZIANA – UMA LEITURA SOBRE A OBRA DE EÇA DE QUEIROZ”

ABT  -  ACADEMIA BRASILEIRA DE TROVA
Fundação: 26 de dezembro de 1960
Rua Teixeira de Freitas, n° 5, 3° andar, s.303 (IHGB – auditório CONFALB)
Lapa,Rio de Janeiro, RJ – Brasil / CEP: 20021-350
Telefones: 2252 -7705


CONVITE


A Academia Brasileira de Trova vem, pelo presente, convidar acadêmicos, poetas,  escritores, amigos e interessados, para  assistirem no dia 06 de setembro próximo, terça feira, às 16 horas, a palestra “HAGIOGRAFIA QUEIROZIANA – UMA LEITURA SOBRE A OBRA DE EÇA DE QUEIROZ”, a ser proferida pela professora e editora MÁRCIA PEREIRA. Aguardamos vossas honrosas presenças.


                     Messody Ramiro Benoliel

Presidente da A. B. T


LOCAL:   SEDE DA CONFALB (CONFEDERAÇÃO DAS ACADEMIAS DE LETRAS DO BRASIL),

                 RUA TEIXEIRA DE FREITAS, Nº 5, SALA 303 (PASSEIO PÚBLICO),

                -  ESQUINA COM A AVENIDA AUGUSTO SEVERO Nº 8   CENTRO-RJ –

 DATA: 06 - 09 – 2011

 HORÁRIO: 16 HORAS

  

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Nas imagens dos bebês, os primeiros passos da fotografia


Leila Kiyomura, do Jornal da USP
O Museu Paulista (MP) da USP, mais conhecido como Museu do Ipiranga, apresenta mostra com 250 fotos de bebês feitas entre 1860 e 1940 pelo carioca Militão de Azevedo, pelo italiano Vincenzo Pastore e pelo húngaro José Vollsack, entre outros artistas que tinham estúdio em São Paulo. A mostra Nossos Pequeninos revela um tempo em que posar para fotos era um evento solene da família e registra também uma face curiosa da história da fotografia. (...)
A exposição Nossos Pequeninos está em cartaz até 6 de novembro, de terça-feira a domingo, das 9 às 17 horas, no Museu Paulista da USP (Parque da Independência, s/n, Ipiranga, São Paulo). Ingressos: R$ 6,00.
Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 2065-8000.
  

UFU: Mostra de documentários em Paleontologia

Mostra pública de documentários sobre Paleontologia promovida pelo Laboratório de Paleontologia - INBIO, sempre em uma sexta-feira às 17h00min, no auditório da Biblioteca do campus Umuarama.
Sessões abertas a toda a comunidade acadêmica e demais interessados, de acordo com o cronograma abaixo:
Dia 26/08/11
“Em Busca dos Dinossauros”
Produção: CIMA/Total Filmes, Fogo Fátuo Expedições, Urca Filmes e Museu Nacional/UFRJ
Duração: 70 min.
Idioma: Português
Dia 16/09/11
“Caçadores de Dinossauros”
Produção: Terra Brasilis Filmes e Museu Nacional/UFRJ
Duração: 65 min.
Idioma: Português
Dia 21/10/11
“Expedição Antártica: O Verão de 70 milhões de anos”
Produção: Terra Brasilis Filmes e Museu Nacional/UFRJ
Duração: 55 min.
Idioma: Português
Dia 11/11/11
“SuperCroc”
Produção: National Geographic
Duração: 95 min.
Idioma: Inglês (legendas em Português)
Dia 18/11/11
“Hace solo 10.000 años”
Produção: América del Sur TV (Uruguai)
Duração: 59 min.
Idioma: Espanhol (sem legendas)
Dia 25/11/11
"O Brasil da Pré-história: O Mistério do Poço Azul”
Produção: Grifa e Marca D'água (Brasil) e Gedeon (França)
Duração: 52 min.
Idioma: Português

Responsável: Prof Douglas Riff
Telefone: (34) 3218-2770
Local: Auditório Biblioteca - Campus Umuarama
Público-alvo: Comunidade Acadêmica
  

Projeto "Dançando na UFU" está com inscrições abertas até 02/09.

Dança faz bem para o corpo e para a mente. É uma atividade física, cultural e de lazer, além de ser um instrumento de inclusão e cidadania. Alunos, docentes e técnicos administrativos (da UFU e suas fundações de apoio) poderão usufruir desses benefícios nos próximos três meses no Dançando na UFU.
O prazo para inscrições no projeto termina no próximo 2 de setembro. As vagas (limitadas) são para a modalidade dança de salão. As inscrições devem ser feitas no endereço eletrônico www.esportes.ufu.br.
O Dançando na UFU é desenvolvido pela Divisão de Esportes e Lazer Universitário – DIESU, da Pró-reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis (Proex). Veja, abaixo, os horários das turmas:
Modalidade: Aulas de Dança de Salão
Duração: 3 meses (setembro a dezembro de 2011)
Públicoalvo: discentes, docentes e técnicos administrativos/UFU e Fundações.
Período de inscrição: 22 de agosto a 2 de setembro de 2011 (vagas limitadas)
Início das aulas: 12 de setembro.
Dias e Locais:
Campus Santa Mônica e Campus Umuarama
2ª feira e 4ª feira / 3ª feira e 5ª feira
Horário das aulas:
Campus Santa Mônica
12h às 13h
18h às 19h
Campus Umuarama
12h às 13h
18h30min às 19h30min
Observação: As turmas, os locais e horários das aulas serão divulgados no site www.esportes.ufu.br
Requisito: Ser acadêmico, servidor da UFU ou fundações.
Custo: Aulas gratuitas
Mais informações:
Divisão de Esportes e Lazer Universitário – DIESU (Rua Benjamin Constant, 1.286 - Campus Educação Física)
Horário: 8h às 11h30 e das 14h às 17h30
Fone: 3218-2959 - E-mail: selaz@proex.ufu.br
  

Exposição: Mestres da Gravura na Coleção da Biblioteca Nacional


Rembrandt - A Leitora

Desde o século XIX, que um conjunto tão abrangente de gravuras da coleção da Fundação Biblioteca Nacional não é mostrado ao público no Brasil. A exposição “Mestres da gravura na coleção da Fundação Biblioteca Nacional”, ocupa cerca de 700m2 do Centro Cultural Correios e reúne 171 obras de 82 gravadores estrangeiros, do século XV ao XVIII. Com a curadoria de Fernanda Terra, as gravuras são apresentadas por ordem cronológica de nascimento dos gravadores e por coleção: alemã, holandesa, italiana, francesa, flamenga, inglesa, espanhola e portuguesa. As técnicas predominantes são a xilogravura (prancha de madeira) e talho-doce (prancha de metal).

São 30 gravuras da coleção alemã, 27 holandesa, 35 italiana, 26 francesa, 14 flamenga, oito inglesa, 18 espanhola e 13 portuguesa. Foi necessário restaurar 27 gravuras fundamentais para este panorama e todas as 171 peças passaram por processo de limpeza. A importância histórica do gravador e da gravura foi o critério curatorial, que destacou os artistas de maior expressão de cada país, e presentes na exposição com maior número de obras. Entre os destaques, Albrecht Dürer (Alemanha), Harmenszoon van Rijn Rembrandt (Holanda), Giovanni Battista Piranesi (Itália), Jacques Callot (França), William Hogarth (Inglaterra) e Francisco José de Goya y Lucientes (Espanha).

A mostra reúne gravuras originais, isto é, composições inéditas, criadas, gravadas e impressas por um mesmo artista, ou sob sua supervisão, e gravuras de reprodução, em que um gravador parte de uma composição de outro artista, seja pintura, escultura, afresco, iluminuras, com o objetivo de divulgar a obra daquele criador e fazer circular a imagem. São cinco os procedimentos da gravura em talho-doce: a buril, a ponta-seca e a água-forte, herdados dos ourives e armeiros medievais; a água-tinta e a mezzotinta [maneira-negra], procedimentos inventados especificamente para a construção de matrizes reticuladas por processos manuais e mecânicos.

As gravuras pertencem à Real Biblioteca de Portugal, trazida para o Brasil em 1810, dando origem à Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro que conta, atualmente, com um acervo tem cerca de 30 mil gravuras e é considerada pela UNESCO uma das dez maiores do mundo e a maior da América Latina. A Livraria Real - como era chamada até o século XVIII - foi destruída por um incêndio, que se seguiu ao terremoto de Lisboa, em 1º de novembro de 1755. O rei de Portugal, D. José I, pediu ao seu principal ministro, o futuro Marquês de Pombal, que reconstituísse o acervo, o que foi feito, recorrendo-se até a compra de coleções de livros e gravuras no exterior.

Exposição “Mestres da Gravura na Coleção da Biblioteca Nacional”
Período: de 28 de julho a 18 de setembro de 2011
ter. a dom. das 12h às 19h - GRÁTIS
Local: Centro Cultural Correios
Endereço: Rua Visconde de Itaboraí, 20 –

Telefones: (21) 2253-1580 (Recepção)
Visite: www.correios.com.br
Curadoria: Fernanda Terra
Patrocínio: Correios
Realização: Centro Cultural Correios



Centro Cultural Banco do Brasil/DF: A arte e as coisas do mundo – visitas temáticas às exposições

Durante os finais de semana, em horários específicos divulgados previamente, são realizadas visitas com temáticas específicas que dialogam com a exposição em cartaz e que possibilitam estabelecer relações entre o espaço da galeria e o espaço externo – do centro, da cidade, do mundo.

Dentre os recortes mais gerais propostos estão: A arte e a arquitetura; A arte e a paisagem; O olhar e o escutar; A notícia de hoje e a arte; Objeto de arte, objeto de museu, objeto de casa.

Em setembro, a programação segue o seguinte cronograma:

Sábados às 15h:
COMO SÃO FEITAS AS COISAS QUE A GENTE USA?
Visita orientada à mostra Anticorpos que discute a função do design, dos objetos cotidianos e a sua subversão. Para todos os públicos.

Sábados às 17h e domingos às 11h: JEAN FRANÇOIS E CHICO NO MUNDO DOS CAMPANA
Visita orientada à mostra Anticorpos, apresentada pelos fantoches Jean François e Chico, num diálogo entre mediadores e público infantil. Especial para as crianças.

Domingos às 17h: O CCBB, A CIDADE E O PATRIMÔNIO
Visita orientada aos espaços do CCBB, propondo discussão sobre arquitetura, arte em espaço aberto e paisagem urbana de nossa cidade - patrimônio da humanidade. Para todos os públicos, especial para visitantes de outras localidades.

Domingos às 18h30: O DESIGN E A ARTE
Visita orientada à mostra Anticorpos para investigação sobre as relações histórico-estéticas entre o design e as artes visuais na obra dos Irmãos Campana conectadas com imagens de obras de arte de diversas épocas e estilos. Para adolescentes e adultos, em especial os interessados em arte e design.

Agendamento para escolas e grupos: Segunda a sexta, das 8h às 18h | Telefone: (61) 3108-7623/7624

Local: SCES, Trecho 2, lote 22

Entrada franca 

Cinema: "Onde está a felicidade?"

  


sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Livraria Nobel - Uberlândia: Títulos da Ed. Taschen EM PROMOÇÃO!!!


Até amanhã, 27/08, a Livraria Nobel – Uberlândia estará oferecendo 15% de desconto em todos os livros da Ed. Taschen... Livros para encher os olhos e o coração!
Venham e aproveitem as outras 1000 novidades, lançamentos, o café, o ambiente e relaxe!
Equipe Livraria Nobel

Praça Cícero Macedo , 3
Fundinho – Uberlândia/MG
Tel.: (34) 3229 0100

  

Exposições do Acervo MAB-FAAP


Exposições do Acervo MAB-FAAP:
O Secreto Discurso do Olhar e Tributo a Arcangelo Ianelli.


Data:
de 13 de agosto a 30 de outubro de 2011
Local: Museu de Arte Brasileira da FAAP
Endereço: Rua Alagoas, 903 – Prédio 1 – Higienópolis
Horários: de terça a sexta-feira, das 10h às 20h
Sábados, domingos e feriados, das 13h às 17h
(Fechado às segundas-feiras, inclusive quando feriado)
Informações: (11) 3662-7198
Agendamento de visitas educativas: museu.educativo@faap.br
ou através do telefone: (11) 3662-7200
Entrada gratuita

  

II Seminário Internacional Políticas Culturais - 21 a 23 de setembro de 2011.

O setor de Pesquisa de Política e Culturas Comparadas da Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB/MinC) promove, em parceria com o Itaú Cultural, II Seminário Internacional Políticas Culturais - Desafios: os campos da formação em gestão cultural e da produção de informações. O seminário, com participação gratuita, acontece de 21 a 23 de setembro, no auditório e na sala de curso da FCRB. Serão conferidos certificados para participantes com 75% de frequência. Informações e inscrições: politica.cultural@rb.gov.br e (21) 3289.4636.
O evento é um encontro de especialistas, estudiosos e interessados nas questões relativas à área de políticas culturais, com o objetivo de divulgar trabalhos e promover debates no campo das ações políticas, das reflexões históricas, das reflexões teóricas e de práticas. Os principais eixos de discussão serão a produção de informações para a elaboração de políticas públicas de cultura e o processo de formação de gestores para as atividades dentro do mesmo campo. O seminário é composto por seções de conferências, palestras e mesas de comunicações individuais, sendo aberto para o público em geral. Organização de Lia Calabre e Maurício Siqueira.
  

Espaço público, política e cultura


A Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB), em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), promove mensalmente, pelo oitavo ano consecutivo, a série História e Culturas Urbanas. Em 2011, as palestras terão como foco o espaço público e as formas de sua apropriação. A próxima conferência da série acontece no dia 30 de agosto, às 18 horas, na sala de cursos da FCRB. A entrada é franca.
A antropóloga Janice Caiafa, professora da Escola de Comunicação da UFRJ, ministrará a conferência "Apropriações do espaço público num equipamento coletivo de transporte".